21.11.09

Brig it on.

'De pouco em pouco a galinha se estufa, de tudo meu amor serei inteiro. Ai, sabes sê-lo!'
voltemos ao que deverá ser, será?

Já acendi as velas, rezei doze ave-marias. Entrei em colapso, quase fui à Polônia de tanto fazer desenhos esquemáticos. Esfreguei, pulei e agora aqui estou, a beira do abismo, a grande prova derradeira.
Então vamos guardar as borrachas, preparar as canetas e treinar a mão para colorir quadradinhos de gabarito. Agora é a hora de ver quem tem café no bule, quem aguenta o tranco. E cuidado, olha que tudo isso apaixona. Vamos que a FUVEST esta aí, e depois da perseguida viram muitas outras, num roda-moinho de alternativas - na dúvida, chute D de deus, ou E de espírito santo - com 20% de chances de acerto!
Que venham as lágrimas, os ventos, a tempestade! Chegamos até aqui, não vamos morrer na praia. Não não, logo tudo isso acaba e seremos nós contra o mundo! Espero as 90 questões com ferro e fogo na mão, pronta para marcar em todas a minha vaga na USP.

2 comentários:

Maurício Soares Filho disse...

Gostei de ver! É isso aí! Para quem se preparou como você, com empenho e muuuito bom humor não tem erro mesmo. VAI COM FÉ!

Daney disse...

Boa sorte, camey! E já sabe, me ligue depois da prova... estare de braços abertos e com muita pinga!

PS: eu amo o Mau, hahaha... é o único professor que eu realmente sinto falta do maldito curso anglo! hahaha