23.3.09

Não é possível entender os homens, isso eu lhe garanto. É possível entender as marés, as noites sem lua e até aquele desprezo. Mas os homens, não há jeito. Se está quente, preferem frio. Se derrete, querem sólido. O fato é que estou perdida nas ações, no intervalo, e no teu tempo. Relógio de ponteiros, nunca soube ler direito.

E para que tentar decifrar seu sorriso, seu pensamento? De que me valhem? Como certa vez alguem disse, 'perdi o bonde e a esperança'. Esse é o meu retrato.
Eu só queria entender, essa é a minha mania! Mas para quê entender tudo... e sobretudo, você!?

Não entendo mais nada. Devo ser alvo de variações, região de conflitos geopolíticos.
Só quero liberdade, ou mais... para isso não tem nome. Querida Clarice! Agora entendo!

Para mim, pouco importa. O Encanto quebrou, o sapatinho não cabe mais. Princípe não existe. E eu não viro abóbora.

4 comentários:

"La Fée" disse...

Entendê-los?
Um dia, tenho fé, sapatinhos de cristal estarão em liquidação e querida ... cada uma terá o seu ... e ahhhh quer saber!? Pouco me importa também!

Vamos falar sobre as marés?

Lou disse...

Mulheres e homens não precisam se entender, é tempo desperdiçado com tolices; a questão é coexistir harmoniosamente, que é o que fazemos já. (E sim, atritos entre ambos são necessários na medida do... bom, comedido.)

É o que EU acho. =]

Gui Guidi disse...

Não creioo, vc mudou mesmo? ahuahuah
Muito bom! Preciso comentar os outros textos ainda... paciência que sou lerdinho!
Até mais!

Lalis disse...

cinderela, homem nao tem jeito. ou é viado ou é inrustido. o mundo das mulheres está perdido pra sempre! hahaha