25.9.09

Destinatário

E pensar que poderia ter sido eu acaba com o meu dia. Ano até. Era coisa certa, tudo previsto: eu e você, como Chico disse. Um jeito manso que é só teu, isso sei que você ainda guarda. Cada detalhe que te fazia tão você... sei que tudo ainda vale!

De certo, é por isso que espero. Seus olhos e sorrisos nos meus. Duvido que não se lembre daquele dia ao sol, dos meus cabelos avermelhados... Esperavam por você. E confesso mais uma vez; te esperam todos os dias! Ao seu aguardo estremeço a cada toque do telefone, a cada som de campainha. Com rosas e mãos, ou quem sabe os meus favoritos... tivestes tempo de descobrir quais eram?

Digo a terceira, espero o tempo que for. O que ainda vai ser está garantido dentro de mim. Falta você, como sempre.

Um comentário:

R Ciancio disse...

Comentário que se estende por todos os posts, ou quase todos:
Você é uma pessoa muito apaixonada, fico eu aqui pensando se é alguém em especial ou só seu estado normal de espírito. Aparte minhas mesquinharias, pessoas apaixonadas são apaixonantes, pelo menos a paixão que delas emana. E tudo isso pra quê? Pra dizer; não pare, mesmo que seja o primeiro caso exposto aí um pouquinho mais em cima. Não pare! Por todos nós que nos alimentamos de espíritos amantes. E ó que a turma é grande!
Eu sou muito intrometido, né? Parece que eu te conheço a mil anos intensos...
Ah, mas se isso não é mais uma de minhas mesquinharias?
Aí fiquei na dúvida.
Beijo, e continuo gostando muito do blog! Só o trânsito, que cada dia eu odeio mais...